Gazeta de Muriaé
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter

Na última terça-feira, 27, a PM avistou um indivíduo carregando três bolsas, em atitude suspeita, na Praça Cel. Tibúrcio, na Barra. Este, ao avistar a viatura da polícia com o sistema de alerta ligado, fugiu, abandonando as bolsas próximo a Igreja da Barra. No entanto, logo em seguida, a guarnição da polícia conseguiu pegar o indivíduo na Rua Lincoln Marinho.

Quando os militares abriram as bolsas viram que havia: 34 camisas, 5 calças jeans, 1 boné da marca Redley branco, 2 celulares ambos com chip, 2 anéis, 2 cordões de bijuteria e 3 bolsas, sendo que todo o material possuía etiqueta de uma loja que fica localizada na Av. Monteiro de Castro, na Barra.

A polícia então se deslocou até a loja e verificou que a porta estava arrombada. Foi chamado o perito para realizar trabalho de praxe no local do crime.

O autor, apesar de ter sido visto pela polícia abandonar as bolsas, negou o furto. A polícia prendeu-o em flagrante delito, o qual, juntamente com a vítima e testemunha compareceram à delegacia, onde, verificando o sistema, foi constatado que já havia um mandado de prisão contra o autor do furto.

Agradecimentos ao 2º Sgt Muguet por nos conceder tais informações.

Comentários nesse artigo

Após ser acionada, a PM compareceu na última terça-feira, 27, à Rua Democratas, no Bairro São Pedro, onde um homem, que é presidiário e encontra-se de indulto de Natal, foi baleado quando estava sentado na calçada em frente a casa de sua mãe.

Um indivíduo que trajava jaqueta preta, conduzindo uma motocicleta vermelha, com um baú branco, aproximou-se do presidiário, sacou uma arma de fogo e efetuou três disparos em sua direção.

Dois disparos atingiram o braço esquerdo da vítima. A viatura do Corpo de Bombeiros, comandada pelo Sgt. BM Ferreira, compareceu no local e, de imediato conduziu a vítima para o Hospital São Paulo. O médico de plantão após prestar atendimento constatou lesões sem maiores gravidades.

A vítima não apontou nenhum suspeito. A polícia realizou rastreamento pelas imediações, no entanto, até o momento, nada encontrou.

 

Agradecimentos ao 2º Sgt Muguet por nos conceder tais informações.

Comentários nesse artigo

27/12/2011 às 14h16m

PM recolhe arma em Bom Jesus

Moradores do distrito de Bom Jesus da Cachoeira acionaram a polícia na última segunda-feira, 26, com reclamações de que dois suspeitos rondavam as ruas do lugarejo, observando o interior das casas.

A polícia realizou um intenso rastreamento pelo local, porém não constatou nada de irregular.

A PM deu prosseguimento ao patrulhamento e, em contato com pessoas daquele local que não quiseram se identificar, ficaram sabendo que existia naquele distrito um morador que possuía uma arma de fogo e que frequentemente efetuava disparos com ela.

A polícia entrou em contato com o suspeito que confessou possuir uma espingarda sem munições. Os militares explicaram a ele sobre o fato da arma estar representando mais risco do que segurança.

O suspeito então, entregou espontaneamente a espingarda cartucheira desmuniciada à PM. Devido a sua idade avançada foi chamado a comparecer posteriormente à Delegacia de Polícia.

Agradecimentos ao 2º Sgt Muguet por nos ceder tais informações.

Comentários nesse artigo

No momento em que a polícia realizava um patrulhamento pela Rua São João Batista, no Bairro Gaspar, na última segunda-feira, 26, foi avistado um adolescente de 15 anos que, ao notar a presença da PM, jogou no chão, perto do lugar onde estava, dois tabletes de maconha.

O adolescente confessou à polícia que a droga pertencia a ele mesmo, que ele era usuário de drogas e que morava na cidade de Juiz de Fora, sendo que veio para Muriaé, há aproximadamente um mês e estava na casa de parentes naquele bairro.

Os parentes do menor não foram localizados em casa e o adolescente foi chamado a comparecer na 4ª DRPC para prestar maiores esclarecimentos a respeito da origem da droga.

Agradecimentos ao 2º Sgt Muguet por nos ceder tais informações.

Comentários nesse artigo

Quando a PM de Muriaé realizava um patrulhamento, no último domingo, 25, na Rodovia BR 356, nº 390, nas proximidades da obra do SESC, no Bairro Padre Tiago, foi avistado um indivíduo já conhecido no meio policial pela prática de homicídios e por ser suspeito de tráfico de drogas.

No momento em que ele percebeu a guarnição da polícia e viu que seria abordado, fugiu, correndo na direção de um pasto localizado nas proximidades. Ele carregava em suas mãos um revólver, aparentando calibre 38 e no ato da fuga, deixou para trás, uma balança de precisão e uma bucha de maconha.

A polícia armou um cerco na tentativa de localizar e capturar o indivíduo, no entanto, pelo extenso tamanho do pasto, isso não foi possível. Os materiais encontrados foram recolhidos pelos militares.

Agradecimentos ao 2º Sgt Muguet por nos ceder tais informações.

Comentários nesse artigo

Sábado passado, 24, a Polícia Militar de Muriaé foi chamada a comparecer, à noite, na Rua Francisca Silva Passos, na Gávea, próximo a uma casa de show, onde uma pessoa havia sido violentamente roubada por indivíduos armados com uma faca.

Segundo a vitima foi possível reconhecer um dos indivíduos. Eles eram dois, um estava armado com uma faca e, usando de violência, roubaram da vítima: um cordão, uma pulseira de ouro e a chave de um veículo.

Logo em seguida, os autores entraram em um VW Gol branco e fugiram, tomando rumo não identificado. A polícia fez rastreamento pelas proximidades, porém, nada foi encontrado ainda.

 

Agradecimentos ao 2º Sgt Muguet por nos conceder tais informações.

Comentários nesse artigo

A Polícia Militar de Muriaé, no último domingo, 18, após receber várias informações de que estava sendo realizado um intenso tráfico de drogas, por três indivíduos, na Rua Ubá, no Bairro Santa Terezinha e de que menores estavam sendo aliciados para a prática de tráfico de entorpecentes, sendo que, tais menores sempre estariam encarregados de assumirem a posse das substâncias quando houver prisão. Estes três indivíduos já estão reconhecidos no bairro como "os chefe", ou seja, eles é que estão comandando o tráfico no bairro. A polícia encaminhou-se para o local e quando estava virando a Rua Juiz de Fora no sentido a Rua Ubá deparou-se com todos os elementos da denúncia. Um deles, um menor de 16 anos, tentou fugir e lançou sobre o terraço de uma casa um objeto com um invólucro plástico. Os militares conseguiram reter todos no local e com a ajuda de outra guarnição subiram até a laje, localizando os objetos, constatando tratar de uma sacola plástica com 14 invólucros plásticos de cocaína e cápsula deflagrada de calibre 38. A polícia foi informada ainda, através de denúncias anônimas que os indivíduos possuem ainda vasta quantidade de armas e drogas e que se utilizam de vizinhos, que muitas das vezes se sentem subjugados com ameaças, e se vêem obrigados a guardar tais materiais. Após a polícia realizar busca pessoal nos indivíduos foi localizada a quantia de R$40,00 com um e R$55,00 com outro, sendo esta de procedência duvidosa, visto que nenhum dos dois exerce atividade profissional. Os autores foram presos por tráfico de drogas, formação de quadrilha e corrupção de menores. Os menores foram apreendidos por ato infracional de tráfico de drogas e formação de quadrilha. Todos eles foram conduzidos à delegacia junto com os materiais apreendidos.

Agradecimentos ao 2º Sgt Muguet por nos ceder tais informações.

Comentários nesse artigo

Após ser acionada a Polícia Militar de Muriaé, na madrugada do último sábado, 17, compareceu à Avenida do Contorno, no Bairro Dornelas, na portaria do Colina Country Clube, onde testemunhas relataram que dois indivíduos causaram tumulto na portaria do clube, local este que estava sendo realizado um baile de formatura. Após a confusão, os envolvidos começaram a desafiar o chefe da equipe que prestava segurança no estabelecimento, o qual foi ao encontro dos supostos autores. Logo em seguida foram ouvidos dois disparos de arma de fogo e perceberam que o chefe da segurança havia sido atingido por um dos disparos na altura do tórax do lado esquerdo. Os supostos autores fugiram imediatamente após o acontecimento, tomando rumo ignorado. A vítima chegou a ser socorrida por populares e foi levada até o Hospital São Paulo, mas já chegou sem vida no hospital. A perícia técnica foi acionada e compareceu ao local para seus trabalhos de praxe. A polícia realizou um intenso rastreamento para tentar localizar os supostos autores, porém estes ainda não foram encontrados. A polícia dará continuidade ao rastreamento.

Agradecimentos ao 2º Sgt Muguet por nos ceder tais informações.

 

 

Comentários nesse artigo

Uma pessoa dirigiu-se até à unidade de atendimento da Polícia Militar de Muriaé na última quarta-feira, 14, relatando que esteve na agência do Banco do Brasil e quando iria fazer um saque com seu cartão de débito, o cartão ficou preso no terminal do caixa eletrônico.

A vítima então, no interior daquele estabelecimento, recebeu orientação de um indivíduo desconhecido. Este forneceu à vítima um envelope de depósito do Banco do Brasil, com um número de telefone (04111636725) para ela ligar e cancelar o cartão.

Tendo a vítima feito a ligação, a pessoa que lhe atendeu lhe disse que a partir daquele momento seu cartão já estava bloqueado e que, depois de três dias úteis ela iria receber outro cartão em sua residência, caso contrário, era para ela fazer outro contato com o banco.

Na data de 13/12/11 a vítima verificou em seu extrato bancário, onde constatou que havia sido feito várias movimentações bancárias com seu cartão, sendo a principal um empréstimo no valor de R$13.500,00 no caixa eletrônico. Foi ainda feito outro empréstimo no valor de R$3.800,00, além de transferência de dinheiro para outra conta bancária e várias compras em vários estabelecimentos comerciais.

A vítima foi orientada pelos policiais a comparecer à delegacia para maiores esclarecimentos, levando consigo cópia dos extratos bancários onde constam as movimentações indevidas.

 

Agradecimentos ao 2º Sgt Muguet por ceder tais informações.

 

Comentários nesse artigo

Por intermédio da Operação Jericó IV, realizada pelas polícias civil e militar de Muriaé, foi executado um mandato de busca e apreensão na Rua Olinda Pereira Rosa, Planalto, nesta quinta-feira, 15, onde foi estava o morador da residência.

Ele se encontrava trancado dentro do quarto e os policiais solicitaram que ele abrisse a porta, sendo atendidos. Começaram então, a vasculhar o local, encontrando debaixo do colchão sete munições intactas de um revólver calibre 38.

Os policiais questionaram o autor sobre as munições e onde estaria a arma. Sem apresentar resistência, o envolvido entregou aos policiais um revólver calibre 38, marca Rossi, uma bucha de maconha e R$671,20 em dinheiro, que estavam escondidos.

Os policiais indagaram o autor sobre uma televisão Baster 32 polegadas e ele respondeu que havia comprado de um rapaz morador do Bairro São Cristóvão, não dando maiores informações, nem apresentando a nota fiscal da compra.

Os policiais deram voz de prisão ao autor, conduzindo-o à Delegacia de Polícia para dar continuidade às demais providências.

Agradecimentos ao 2º Sgt Muguet por nos ceder tais informações.

Comentários nesse artigo



Gazeta de Muriaé
HPMAIS